‘Tinder da reciclagem’ ganha prêmio de parceira da UNESCO

     

Conectar ofertas e demandas, assim como problemas e soluções, é uma das mais eficazes e virtuosas possibilidades que os aplicativos hoje podem oferecer – seja para paquera, para comida ou mesmo para algo tão fundamental quanto a reciclagem de lixo. É o que realiza o app Cataki, conectando catadores com empresas e pessoas que precisem ou simplesmente desejem descartar materiais recicláveis.

O Cataki não possui fins lucrativos, e foi desenvolvido pelo grafiteiro e ativista Mundano, também criador do projeto Pimp My Carroça. Em 7 meses de atividades o app já recebeu o registro de mais de 300 catadores brasileiros em 30 diferentes cidades.

App Cataki

App Cataki

Considerando que os catadores são responsáveis por quase 90% da reciclagem, e que diariamente o Brasil produz cerca de 200 mil toneladas de resíduos, é justo que a iniciativa do Cataki tenha sido premiada no Netexplo, prêmio de inovação para projetos de tecnologia que promovam impacto social e de negócios. O fórum Netexplo oferece o prêmio em parceria com a UNESCO.

O app não é exclusivo dos smartphones, e funciona com telefonemas diretos aos catadores mais próximos, através de seus perfis. Horário, local e preço podem ser combinados pelo telefonema, para todo tipo de descarte: móveis, eletrônicos, vidro ou mesmo papéis.

Se a tecnologia muitas vezes parece fadada à banalidade, um projeto como o Cataki nos lembra as infinitas possibilidades de se usar as inovações para melhorar a vida de trabalhadores e do próprio planeta.

Fonte: Hypeness

 

0 Comentários

Últimas Publicações

     

Destaques

Facebook